sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Ressalvas ao metrô

16/12/2010 - O Globo

Preocupadas com as condições de implantação da Linha 4 do metrô, entidades representativas das zonas Sul e Oeste se uniram para encaminhar uma carta aberta ao governador Sérgio Cabral a fim de manifestar desacordo com duas propostas: a ligação da estação General Osório (da Linha 1) com a futura Estação Jardim Oceânico; e a determinação desta estação como ponto final, descartando a extensão até o Terminal Alvorada.

Assinada por 29 representantes, a maioria de associações de moradores, a carta será protocolada no Palácio Guanabara esta semana, com uma proposta de traçado para a Linha 4 que passa por Jardim Botânico, Humaitá e Laranjeiras antes de encontrar a Linha 1, na Estação Carioca.

O presidente da Associação dos Moradores e Amigos do Tijucamar e Jardim Oceânico (Amar Barra), Luiz Igrejas, mostra-se preocupado com a possibilidade de o ponto final do metrô ficar na vizinhança:

— Eu não quero terminal no Jardim Oceânico, pode até acabar com o bairro. Todos os ônibus de condomínio que seguem para o Centro vão parar lá, além das vans e do BRT. Vai ser horrível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário