terça-feira, 7 de maio de 2013

Zona Sul do Rio volta a ter ruas interditadas para obras da Linha 4 do Metrô

04/05/2013 - Agência Rio

Os bairros do Leblon e de Ipanema - Zona Sul do Rio - receberão no próximo sábado (11), novas interdições ao tráfego para as obras de construção da estação Jardim de Alah da Linha 4 do Metrô (Ipanema – Barra da Tijuca). Para minimizar os impactos no trânsito, a Prefeitura do Rio montou um planejamento operacional que inclui a interdição temporária de um trecho da Avenida Borges de Medeiros, na altura da Avenida Ataulfo de Paiva, no Leblon.

Todos os desvios de tráfego foram definidos pela Coordenadoria de Engenharia de Tráfego (CET-Rio), que coordenará todo o processo. Para evitar grandes transtornos, o Consórcio Linha 4 Sul, responsável pelas obras entre Ipanema e Gávea, construiu uma ponte provisória em estrutura metálica sobre o canal do Jardim de Alah, que ligará Leblon e Ipanema, em substituição à ponte existente na Avenida Ataulfo de Paiva, capaz de receber até 3 mil veículos por hora. O novo esquema de trânsito foi apresentado na manhã desta sexta-feira (03/05), em conjunto com o Governo do Estado. A previsão para a reabertura do tráfego é julho de 2014.

A partir do dia 11, haverá inversão de mão das avenidas Borges de Medeiros e Epitácio Pessoa, e a Avenida Henrique Dumont passará a operar no sentido Lagoa. A pista interna do Jardim de Alah, na Av. Borges de Medeiros entre a Rua Professor Antônio Maria Teixeira e a Av. Ataulfo de Paiva, será bloqueada. Os pontos de ônibus também sofrerão mudanças.

Entre a Rua Professor Antônio Maria Teixeira e a Lagoa, a Avenida Borges de Medeiros (lateral do Jardim de Alah) passará a operar em mão invertida da praia para a Lagoa. No trecho mais próximo à Avenida Delfim Moreira, não haverá mudanças.

Já na Avenida Epitácio Pessoa (lateral do Jardim de Alah), entre a Lagoa Rodrigo de Freitas e a praia, a mão também será invertida. Desta forma, os veículos provenientes da Barra da Tijuca ou do Túnel Rebouças, que antes entravam na Avenida Borges de Medeiros, próximo ao Clube Monte Líbano, passarão a acessar o Jardim de Alah pela Avenida Epitácio Pessoa.

Os motoristas que vierem do Leblon e quiserem seguir para Ipanema poderão cruzar a ponte provisória sobre o Jardim de Alah e seguir pela Rua Redentor, que terá a calçada reduzida entre as avenidas Epitácio Pessoa e Henrique Dumont, para ampliar a pista de duas para três faixas de rolamento. Outra opção será dobrar à esquerda na Avenida Epitácio Pessoa para acessar a praia ou a Rua Visconde de Pirajá. Também será possível dobrar à direita na Avenida General San Martín para acessar a Avenida Borges de Medeiros ou seguir para o Leblon.

Como durante as obras não será possível acessar a Avenida Epitácio Pessoa (no Jardim de Alah) pela praia, pois ela estará com a mão invertida, a Avenida Henrique Dumont passará a ter fluxo direto da Avenida Vieira Souto até a Lagoa. Para melhorar a fluidez do tráfego na região, o estacionamento de veículos será proibido em alguns trechos das ruas Aníbal de Mendonça e Garcia D'Avila, entre 6h e 21h.

A prefeitura utilizará na operação um sistema de sinalização específico; um efetivo de 45 operadores de tráfego (entre guardas municipais e agentes da CET-Rio); 15 painéis de mensagens variáveis para informar os motoristas sobre as condições do trânsito; três motocicletas; dois veículos operacionais; e um reboque para atuar caso haja obstrução de garagem. Panfletos informativos serão distribuídos aos pedestres e motoristas a partir da próxima segunda-feira (6/05).

Com as novas interdições e com a construção da ponte metálica, será necessária a mudança em alguns pontos de ônibus na região do Jardim de Alah. Um novo ponto de parada será implantado na Avenida Epitácio Pessoa (sentido orla), entre as ruas Barão de Jaguaripe e Nascimento Silva, para receber as linhas 110, 111, 123, 128, 154, 155, 157, 413, 415, 426, 433, 434, 436, 443, 461, 474 e 2015 (única linha que circulará pela ponte).

Na Avenida Henrique Dumont (sentido Lagoa) também será implantado novo ponto de parada entre as ruas Barão da Torre e redentor, que servirá às linhas 157 e 436. Os pontos terminais das linhas 123, 154 e 155 serão transferidos para a Avenida Borges de Medeiros, na pista junto ao canal do Jardim de Alah, sentido Lagoa. As linhas 157 e 436 passarão a circular por dois trechos da Avenida Henrique Dumont, respectivamente entre a Avenida Vieira Souto e a Rua Prudente de Moraes, e entre esta e a Rua Visconde de Pirajá.

A Linha 4 do Metrô entrará em operação no primeiro semestre de 2016, vai transportar mais de 300 mil pessoas por dia e retirar das ruas cerca de 2 mil veículos por hora.

MS

Nenhum comentário:

Postar um comentário