segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Novo trem chinês do Metrô começa a operar nesta sexta-feira

20/08/2012 - O Dia

CHRISTINA NASCIMENTO

Rio -  Depois de dois meses de testes, o primeiro dos 19 trens chineses comprados pela concessionária MetrôRio começa a funcionar para o público na próxima sexta-feira.

A composição vai fazer o trajeto da Linha 2 (Pavuna-Botafogo) em horários especiais. A previsão é que, até o final do ano, mais nove trens já estejam atuando no sistema.

Até março, toda nova frota de 114 carros estará à disposição dos usuários. O investimento total foi de R$ 320 milhões. Cada composição chinesa tem capacidade para 1.800 passageiros. Atualmente a empresa MetrôRio dispõe de 32 trens, que representa um total de 182 carros em circulação.

Novo trem vai circular na Linha 2, entre Pavuna e Botafogo |Foto: João Laet / Agência O Dia

Mesmo com os chineses, não haverá retirada da frota atual em operação. As novas composições terão ar-condicionado 33% mais potente, que fará a temperatura média se manter em 23°C.

Os trens chineses são dotados de câmeras no interior de todos os carros. Painéis de LED informarão o mapa das estações e orientarão o desembarque dos passageiros.

As barras para apoio em pé terão nova distribuição e os usuários de baixa estatura contarão com pega mãos para aumentar a segurança.

Obras às pressas

O funcionamento dos novos carros começa após uma polêmica. A concessionária teria reduzido, às pressas, a largura de plataformas em algumas estações e aparado pilastras e paredes de túneis das Linhas 1, 1A e 2, em até 20 centímetros, para adequá-las aos trens chineses.

O MetrôRio nega a existência do problema e informou que as obras nas plataformas e túneis são para padronizar estações. Mas, o Ministério Público abriu procedimento para investigar o assunto.

Dois anos de atraso para trem começar a circular

Inicialmente, a estreia do trem chinês estava prevista para agosto de 2010. O atraso gerou uma multa de R$ 374 mil para a concessionária MetrôRio. A decisão foi da Agência Reguladora de Serviços Públicos de Transportes do Rio (Agetransp).

A entrega dos trens é prevista no 6º Termo Aditivo do contrato de concessão, assinado em 2007 pela concessionária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário