terça-feira, 16 de agosto de 2011




Governo do Rio dá início às escavações da estação do Metrô de São Conrado
Publicado: terça-feira, 16 de agosto de 2011
Governador Sérgio Cabral em visita as obras do metrô na Barra da Tijuca


O Governo do Estado iniciou, nesta segunda-feira (15), uma das mais importantes fases da expansão do metrô para a Barra da Tijuca, a detonação para as escavações da estação São Conrado.

Os trabalhos em São Conrado estarão concentrados na execução do túnel de serviço, que terá extensão de 195 metros e profundidade de até 15 metros abaixo do nível da rua. Segundo o governador Sérgio Cabral, não há, no mundo, um túnel metroviário tão longo quanto o que será construído, com cinco quilômetros.

"É um sonho desafiador, de mobilidade, que vai ser um grande legado que as Olimpíadas deixarão para a população. Essa obra estava prevista há 13 anos e nós conseguimos tirá-la do papel. Quem vai ganhar com isso não é só o morador da Rocinha, de São Conrado, da Barra da Tijuca, de Ipanema e do Leblon, mas todo o Rio. Não há nenhum túnel metroviário com cinco quilômetros de extensão no mundo, e o túnel que vai ligar a Barra da Tijuca à estação São Conrado tem essa extensão.", disse o governador.

As detonações para as escavações acontecem de três a quatro vezes por dia, entre 8h e 18h. Duzentos operários irão trabalhar no local. Atualmente, o projeto da Linha 4 gera 1.500 empregos diretos e indiretos, número que chegará a 2.300 no pico das obras do trecho. Segundo o secretário de Transportes, Julio Lopes, está sendo feito o possível para que os transtornos sejam os menores para a população.

A previsão é que todo o túnel de serviço seja escavado até dezembro de 2011 e já em janeiro de 2012 sejam iniciadas as escavações do túnel de via. A expectativa da Secretaria de Transportes é de que, em um mês, as escavações avancem em média 5 metros ao dia, utilizando 500 kg de explosivos por detonação. Segundo um estudo de demanda realizado pelo Estado, a estação São Conrado receberá em média 36 mil pessoas por dia.

Linha transportará 240 mil passageiros por dia

Com a linha de 14 quilômetros de extensão, os cariocas levarão 35 minutos do centro do Rio à Barra da Tijuca. A Linha 4 terá seis estações, passando pelos bairros de São Conrado, Gávea, Leblon e Ipanema. Com a ampliação, o metrô do Rio poderá transportar 240 mil passageiros por dia. As obras, que custarão R$ 5 bilhões, serão entregues em 15 de dezembro de 2015.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Nova Frente de Serviço na Linha 4

15/08/2011 - O Globo

RIO - A abertura da Linha 4 do Metrô entra nesta segunda-feira em uma nova etapa. Está prevista para esta tarde a primeira detonação para as escavações da estação de São Conrado. De acordo com a Secretaria estadual de Transportes, responsável pela administração das obras, a ligação entre o bairro e a Barra da Tijuca ganhará mais agilidade, uma vez que passará a ser aberta em dois sentidos. A explosão deve ser acompanhada pelo governador Sérgio Cabral e pelo secretário estadual de Transportes, Júlio Lopes, que, antes, farão uma visita ao canteiro de obras da Barra da Tijuca.

PASSEIO GUIADO: Trajeto da Linha 4 do metrô é aberto à visitação pública

MUDANÇAS PREVISTAS: Linha 4 do Metrô Rio passará por ponte suspensa por cabos para chegar à estação Jardim Oceânico

A secretaria de Transportes afirmou que o cronograma do projeto, que já conta com um quilômetro de túneis escavados na Barra, está adiantado em um mês. Afirmou ainda que, até o final do ano, os trabalhos em São Conrado estarão concentrados na execução do túnel de serviço, que terá extensão de 195 metros e profundidade de até 15 metros abaixo do nível da rua. A partir de hoje, serão de três a quatro detonações diárias, entre 8h e 18h. Para dar conta do trabalho inicial, o Consórcio Construtor Rio Barra destacará 200 operários. A previsão é que todo o túnel de serviço seja escavado até dezembro de 2011 e, já em janeiro de 2012 sejam iniciadas as escavações do túnel de via.

A expectativa do governo é de que dentro de um mês as escavações avancem em média 5 metros ao dia, utilizando 500 quilos de explosivos por detonação. O estudo de demanda indica que a estação São Conrado terá uma média de circulação diária de 36 mil pessoas por dia. Segundo o projeto, a Linha 4 do metrô terá uma extensão de 14 quilômetros, e passará por seis estações, ao longo dos bairros da Barra, São Conrado, Gávea, Leblon e Ipanema. O governo diz ainda que a Linha será integralmente entregue para o início dos testes operacionais em 15 de dezembro de 2015.

A secretaria de Transportes afirma que os moradores de São Conrado e da Rocinha poderão tirar dúvidas sobre o desenvolvimento da obra na Central de Atendimento montada pelo Governo do Estado no canteiro, na Estrada da Gávea 600, ou pelo e-mail - atendimento.ccrb@ccrblinha4.com.br.

domingo, 14 de agosto de 2011

Rio abre nova frente de obras da Linha 4 do Metrô

14/08/2011 - Agencia Rio

Rio abre nova frente de obras da Linha 4 do Metrô

Da Redação

O Governo do Estado abre uma nova frente de obras da Linha 4 do Metrô, nesta segunda-feira (15), quando será feita a primeira detonação para as escavações da estação São Conrado. Instalado em fevereiro deste ano, o canteiro chega a uma de suas fases mais importantes, o início da execução dos túneis.

Com um mês à frente de seu cronograma, as obras da Linha 4, administradas pela Secretaria Estadual de Transportes, já contam com 1km de túneis escavados na Barra da Tijuca. Esta nova etapa dará ainda mais agilidade ao desenvolvimento do projeto, já que os túneis da passarão a ser abertos em dois sentidos.

MS