quarta-feira, 1 de junho de 2011

Governador obtém 500 milhões de euros para Linha 4 do metrô

01/06/2011 - Agência Rio


O governador Sérgio Cabral obteve, nesta quarta-feira (1), junto à Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), a garantia de um empréstimo de 500 milhões de euros (R$ 1,17 bilhão) para serem investidos nas obras da Linha 4 do metrô (Ipanema - Barra da Tijuca). O anúncio foi feito após o último compromisso do governador na França com o diretor-geral adjunto da AFD, Didier Mercier, na sede da agência, em Paris.

"Finalmente, temos com a Agência Francesa de Desenvolvimento uma parceria, a ser agora aprofundada, de 500 milhões de euros. A agência tem esse dinheiro disponível para investir em mobilidade urbana no Rio de Janeiro, em um programa muito importante visando às Olimpíadas de 2016. A AFD tem uma tradição de apoio a países latino-americanos, africanos. E nós ficamos muito honrados de poder obter esses recursos de um país que tem um exemplo de mobilidade urbana para nos inspirar que é a França", afirmou Cabral.

A Agência Francesa de Desenvolvimento é um organismo francês de ajuda pública aos países em desenvolvimento. No Brasil, a agência atua desde 2007 e tem empréstimos com várias instituições de estados como Santa Catarina e Paraná, no total de 380 milhões de euros – menos do que os 500 milhões de euros que emprestará para o Rio de Janeiro.

Ensino profissionalizante

Também visando à demanda dos grandes eventos que o Rio de Janeiro se prepara para receber nos próximos anos, Cabral firmou uma parceria com a Câmara de Comércio e Indústria de Paris para instalar no Rio de Janeiro, em parceria a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), filiais de duas importantes escolas técnicas francesas: a Ferrandi, que forma mão de obra para o setor de culinária; e a Gobelins, da área de multimídia. Nos próximos dias, equipes técnicas das secretarias de Ciência e Tecnologia, Cultura e da Firjan viajarão até a capital francesa para conhecer de perto o funcionamento dessas unidades.

Pela manhã, o governador participou de um café da manhã com dirigentes de grandes empresas francesas e empresários brasileiros na sede do Movimento das Empresas Francesas (Mouvement des Enterprise de France – Medef), a maior entidade patronal da Europa. Cabral fez uma exposição sobre as oportunidades de investimento no estado. Em seguida, ele esteve no Centro de Design da PSA Peugeot Citroën.

Câmara de Comércio Brasil-França

O primeiro compromisso do governador em Paris foi na terça-feira (31) à noite, quando ele foi o orador brasileiro no jantar anual da Câmara de Comércio Brasil-França. Cabral e a ministra da Economia da França, Christine Lagarde, entregaram o prêmio “Personalidade do Ano Brasil-França” a dois empresários. O governador fez as honras ao presidente da empresa francesa da área de energia Technip, Thierry Pilenko; já a ministra entregou a premiação ao presidente da companhia aérea brasileira TAM, Líbano Barroso.

A viagem oficial faz parte do trabalho que o governador tem desenvolvido para atrair mais investimentos e programas de cooperação entre o estado do Rio e a França. O país está entre os 10 principais destinos das exportações do Rio de Janeiro: só em 2010, o volume das exportações para a França somou US$ 395 milhões, segundo dados da Firjan.


Nenhum comentário:

Postar um comentário