quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Agetransp instaura inquérito para apurar problema no metrô

19/10/2010 - R7

A Agetransp (Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários, Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro) informou nesta terça-feira (19) que enviou fiscalização e instaurou processo regulatório quando soube dos problemas técnicos ocorridos na concessionária Metrô Rio nesta manhã.

Segundo a concessionária, houve atrasos nos intervalos entre os trens da Linha Um por causa de ajustes operacionais desde as 11h15. 

A Agetransp informou que até as 11h40, o tráfego não havia sido normalizado e o problema estaria afetando a Linha Dois. 

O Sindicato dos Metroviários do Rio de Janeiro informou que o centro de controle do metrô, responsável pelo tráfego dos trens, não estava funcionando por volta das 11h30. Segundo a assessoria de imprensa do sindicato, não havia como os condutores monitorarem as chegadas e saídas dos trens.

O funcionamento do transporte não foi interrompido e os funcionários denunciaram que o problema poderia trazer riscos não só para eles, como também para os passageiros.

A concessionária Metrô Rio negou que o centro de controle estava fora do ar, mas admitiu os atrasos nos intervalos entre os trens da Linha Um.

Ainda segundo a empresa, a Linha Dois operava normalmente com intervalos de 6min50s por volta das 11h40.

Nenhum comentário:

Postar um comentário