segunda-feira, 11 de outubro de 2010

2012 será o ano das mudanças no transporte carioca

07/10/10 - CBTU

Há menos de um ano foi implantada a linha 1-A do metrô, acabando com a baldeação na estação Estácio, mas tem sido alvo de críticas dos usuários que reclamam de confusão e aglomeração em determinadas plataformas. Houve um aumento de 70 mil usuários/dia, mas não ocorreu aumento da oferta de trens.

A partir do ano que vem haverá melhorias com a chegada de 19 trens com 114 carros, que já foram encomendados e estão em processo de fabricação na China.

Até 2012, o objetivo é reduzir os intervalos entre os trens e diminuir a aglomeração de usuários. Com o aumento do número de trens, a concessionária espera transportar mais de um milhão de passageiros diariamente; também há previsão de que já esteja definido o melhor trecho onde será feita a conexão da linha 4, que irá ligar a  Barra da Tijuca à zona sul, com a linha 2, já existente.

Prevista para o fim do ano, a inauguração da Cidade Nova já deverá proporcionar mais conforto para os usuários, pois haverá uma redistribuição de passageiros da linha 1. 

Para os trens operados pela Supervia, o governo do estado já apresenta uma melhoria para que o serviço também evolua nos próximos anos. A previsão é que até o final de agosto já circulem 30 novos trens com quatro carros. Além disso, o plano de investimentos inclui a reforma das 89 estações para as Olimpíadas de 2016, sendo que duas delas - Magalhães Bastos e Vila Militar - terão suas obras finalizadas para o evento “Jogos Mundiais Militares”, que acontecerá em julho de 2011.


Nenhum comentário:

Postar um comentário