sábado, 20 de março de 2010

Estado inaugura canteiro de obras para a construção do metrô na Barra

20/03/10 - 14h19 - Atualizado em 20/03/10 - 14h19

Primeira estação será no Jardim Oceânico; obra deve acabar em 2016.
Nova linha deve atender cerca de 240 mil pessoas.

Tássia Thum - G1

Ampliar FotoFoto: Tássia Thum/G1

Canteiro de obras do metrô na Barra foi instalado na Avenida Armando Lombardi, no Jardim Oceânico (Foto: Tássia Thum/G1)

Depois de mais de 30 anos de espera, os moradores da Barra da Tijuca, na Zona Oeste, comemoraram neste sábado (20), a implantação do canteiro de obras do metrô no bairro. Segundo o governador Sérgio Cabral, a expectativa é que até 2012 sejam entregues algumas estações da linha 4, circuito que vai integrar a Barra à Linha 1 do metrô.

"Não tenha dúvida que essa obra é um presente, um sonho que existe há mais de 30 anos. Nesse primeiro momento serão feitas as sonadagens e acredito que daqui a três meses comecem as obras de escavações", relatou Cabral.

Estação no Jardim Ocêanico

Ampliar FotoFoto: Tássia Thum/G1

Maquete da estação Jardim Oceânico com escadas rolantes e design moderno (Foto: Tássia Thum/G1)

O canteiro de obras do metrô linha 4 foi instalado na Avenida Armando Lombardi, no Jardim Ocêanico, próximo ao shopping Barra Point. Neste ponto, a estação será subterrânea com duas saídas, uma para cada lado da avenida, para facilitar o acesso dos passageiros.

Outras estações serão criadas nos bairros da Gávea, São Conrado, Leblon e Ipanema, na Zona Sul, para interligar a Barra da Tijuca até a Linha 1, que tem como ponto final, a estação General Osório, em Ipanema.

Entrega em 2016

Ampliar FotoFoto: Tássia Thum/G1

Estação Jardim Oceânico será subterrânea e com saídas para os dois lados da Av. Armando Lombardi(Foto: Tássia Thum/G1)

O pleno funcionamento da linha 4 está previsto para 2016, ano que acontecerá as Olimpíadas no Rio. O governador acredita que até a Copa de 2014, 75% das obras estejam concluídas.

"Obra é um negócio complicado, é difícil de saber quando termina. Mas nesse caso, acho que conseguimos entregar 75% até 2014", disse o governador.

As obras da nova linha do metrô foram orçadas em R$ 4 bilhões e segundo cálculos do governo, cerca de 240 mil pessoas seriam beneficiadas com o novo itinerário.

Para o ano de 2010, está previsto um gasto de até R$ 300 milhões para as escavações e sondagens dos túneis do metrô. O governador afirmou que os custos teriam que ser reduzidos, caso a emenda Ibsen, que prevê a redistribuição dos royalties do petróleo, seja aprovada. Entretanto, Cabral ressaltou que acredita no veto do presidente Lula à emenda.

Moradores preveem valorização da Barra


Os moradores da Barra da Tijuca estão empolgados com a construção do metrô no bairro. Vivendo na Barra há mais de 30 anos, José Wilson Cordeiro, diretor da Associação Comercial e Industrial da Barra, acredita que o novo transporte vai atrair investidores e empresas de grande porte à Zona Oeste.

"Esta briga para a construção do metrô na Barra acontece há mais de 20 anos. Acredito que o metrô seja a grande solução para atrair investidores comerciais e empresariais, além da própria valorização dos imóveis na região", observou Cordeiro.

http://g1.globo.com/Noticias/Rio/0,,MUL1538029-5606,00.html?utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter

Nenhum comentário:

Postar um comentário